quarta-feira, 17 de maio de 2017

Steve Timmis - Atos 29 "O sermão toma 25% do livros dos Atos"

 

Plantar igreja é particularmente difícil, parece que está empurrando uma pedra morro acima e às vezes a pedra rola lá pra baixo fazendo você começar de novo.

É difícil, Jesus disse que se quiser seguir precisa tomar sua cruz, o evangelho não é um piquenique no bosque, quando você diz que é difícil não é nenhuma novidade.

Em Atos vemos o que Deus pode fazer com seu povo. O livro é sobre como o evangelho que ninguém consegue parar se espalha, muito além de Roma. 
Quando o Espírito Santo enche alguém, nasce um missionário que será uma testemunha.

O livro começa com Pedro dando testemunho de Cristo e termina com Paulo dando testemunho, porém não termina em Atos 28, pois o Espírito continua capacitando pessoas para darem testemunho de Cristo.

No livro, além de Atos tem Pregações, no começo fala que esta é a continuação do que Jesus fez e ensinou, há 19 pregações no livro de Atos, mostrando que a pregação é tão importante quanto as ações.

O fenômeno do Pentecostes atraiu a multidão, mas não impactou a multidão. O sermão de Pedro impactou aquela multidão, apontando o acontecimento para Cristo e convidando aquelas pessoas ao arrependimento.
É só a Palavra de Deus que faz aquele evento fazer sentido. Pedro mostrou de forma clara aquilo que era real.

A tarefa dos pregadores é pregar a Palavra de Cristo. É só a Palavra de Cristo que Deus abençoa. Se homens e mulheres não estão sendo convidados a se submeterem ao seu Reino gracioso não é Evangelho que está sendo pregado.

Para Spurgeon a pregação do Evangelho precisa ser na esperança que pessoas se convertam a Cristo, temos que sempre ter a expectativa de que a Palavra dEle não voltará vazia, de que suas ovelhas ouvirão a sua voz.

Você impacta a comunidade onde está plantando sua igreja através do compartilhamento do amor e da Palavras de Cristo. Não amamos e fazemos trabalho social como atrativo do Evangelho, mas por que estamos nos tornando mais parecidos com Cristo, mas a explicação para o que fazemos está na Sua Palavra.

Coisas que impedem o avivamento

A arrogância impede o avivamento, acreditamos que nossos métodos são melhores. Quando aplicamos nossas ideias as pessoas podem até vir, mas o Espírito não trouxe estas pessoas e elas irão tão rápido quanto vieram.

O medo também impede, acreditamos que estamos sendo muito duros, mas a mensagem de Pedro foi incisiva e direta e produziu o seu efeito.

Também a falta de coragem impede o avivamento, como se o que acontece hoje não pudesse ser tão poderoso quanto foi no livro de Atos.


Devemos deixar a Palavra fazer tudo, fundamentar nossa mensagem na Palavra de Deus e permitir que o Espírito aja.

Não podemos substimar o sermão no livro de Atos, é assim que o Evangelho se espalha é por isso que Lucas dedica cerca de 25% do livro a pregação.