quinta-feira, 4 de junho de 2015

Corpus Christi - Fatos e Mitos

Em 1264 o papa Urbano IV estabeleceu o dia de Corpus Christi para fortalecer a ideia da transubstanciação - o pão da comunhão se torna literalmente o corpo de Cristo.
Nada mais interessante do que usar esta data para falar a respeito do que verdadeiramente é o corpo de cristo. Note que a igreja do senhor é, sem dúvida, a representação típica do corpo de Cristo (I Co 12. 27), já na Ceia nós temos uma referência ao sacrifício vicário e podemos perceber os elementos como corpo e sangue relacionados à símbolos do próprio sacrifício. Para aproveitar o momento vamos falar sobre a igreja como corpo específico de Cristo na terra. Sem dúvida, essa data pode ser usada para lembrarmos e relembrarmos o fato de que nós somos o corpo de Cristo, e representantes da mensagem que ele enviou a todos os homens.

Ser igreja não trata-se de fazer parte de uma instituição ou de uma denominação específica, mas refere-se ao conjunto de comportamentos necessários que já estão estabelecidos nas escrituras para que possamos cumprir o verdadeiro chamado que recebemos de encaminhar essa mensagem com ousadia e convicção

Nessa data que algumas pessoas celebram o Corpo de Cristo, nós podemos separar para celebrar o fato de estarmos cumprindo o chamado de Jesus, cuidando dos órfãos e das viúvas, dos necessitados, e daqueles que foram excluídos socialmente e vivem à margem da sociedade, podemos nos focar em amar o próximo e em demonstrar esse amor que Cristo nos ordenou. Durante muitos anos temos dedicado tempo pra criticar as atitudes históricas que estabeleceram certas datas como prioridades dentro do calendário atual, mas esquecemos que as pessoas vivem nessa realidade e podemos usar esta oportunidade para mostrar que a mensagem de Cristo transmite a importância de viver uma vida plenamente dedicada ao próximo,  não a relevância do pão da ceia, nem do corpo representado na ceia, mas sim a importância de abandonar qualquer resquício de egoísmo e dedicar-se àqueles que precisam de ajuda.

O Corpo de Cristo precisa ser um "ambiente" (não físico) de recepção para aqueles que estão sobrecarregados por seus pecados e suas situações de vida, também precisa ser um ambiente agradável àqueles que não encontram respostas para suas perguntas, o Corpo de Cristo precisa ser o lugar de refúgio para pessoas que não encontraram na sociedade o seu espaço, essa é a verdadeira importância do Corpo de Cristo nos nossos dias.

Que possamos dedicar o resto deste dia do feriado de Corpus Christi para lembrar às pessoas que elas podem ser verdadeiramente o Corpo de Cristo e que elas podem fazer parte de uma comunidade que aceita e entende as dificuldades do homem e o ensina a ser diferente, ensina a superar suas limitações e encontrar no final de sua jornada um Cristo salvador, um Cristo perdoador e transformador da nossa realidade.